Yogando com a vida:
¨Um espaço como as nossas vidas, em constante transformação, um espaço para cuidar de tudo que nos cerca pois a vida só faz sentido quando nos orgulhamos dela...¨

Flávia Hernandes Bernini

15/07/2011

Festival Tanabata

A Lenda do Tanabata
Uma antiga lenda, criada há quatro mil anos e inspirada nas estrelas Vega e Altair, conta a estória de uma certa Princesa Orihime e seu amado Kengyu.
A Princesa Orihime era uma excelente tecelã e confeccionava a mais perfeita seda de que se tinha notícia. Preocupado com sua excessiva dedicação, o rei ordenou que ela se distraísse, dando passeios diários pelo reino. Em uma dessas ocasiões, Orihime conheceu o pastor Kengyu e os dois se apaixonaram.
Esquecendo-se completamente de suas obrigações, a princesa tecelã e o pastor dedicaram todo o tempo a esta paixão e por este motivo foram castigados, sendo transformados em estrelas e separados pela via láctea. Comovido com a tristeza do casal, o Senhor Celestial permite um único encontro anual entre os dois, num dia de julho.
Em agradecimento à dádiva recebida, o casal atende aos pedidos feitos em papéis coloridos (irogami) e pendurados em bambus (sassadake).

Festival Tanabata
Data: 23 e 24 de Julho de 2011 (Sábado e Domingo)

Local: Praça da Liberdade, Rua Galvão Bueno e Rua dos Estudantes.

Bairro: Liberdade - São Paulo - SP


Nenhum comentário:

Postar um comentário